+ Informações

Dúvidas - Perguntas Frequentes

Perguntas Freqüentes

1) O que é Psicoterapia?
É um processo de duração determinada ou não com objetivo de promover o pensar do cliente, levando-o a um maior desenvolvimento pessoal, emocional e criantivo.

2) Quanto tempo de terapia é necessário para que haja uma melhora? Isso depende muito de cada caso. Algumas pessoas buscam a terapia para solucionar uma questão específica, e satisfazem-se tendo esta questão resolvida.
Outros, buscam auto-conhecimento e desenvovimento pessoal, e acabam fazendo terapia por um longo tempo.
Na maioria da vezes, o que ocorre é que as pessoas passam a gostar de fazer terapia, e em geral mesmo tendo a queixa inicial resolvida desejam permanecer por mais tempo no processo terapêutico.
Quem determina o tempo de duração do processo terapêutico é o cliente.

3) Como escolher um Psicoterapeuta?
Esta é uma questão muito pessoal, e não existem regras pré-estabelecidas. O importante é conhecer o profissional, se identificar com ele e com a maneira com que ele trabalha.
Em geral a primeira entrevista não é cobrada, dando possibilidade de o cliente tirar todas as dúvidas e decidir se quer iniciar o processo terapêutico com aquele profissional ou não.

4) Qual a diferença entre Psicólogo e Psiquiatra?
O Psiquiatra é um profissonal formado em medicina com especialização na área de psiquiatria, enquanto o Psicólogo é formado em Psicologia.
A principal diferença entre o trabalho do dois profissonais é que o Psiquiatra está apto a tratar os transtornos mentais com o uso de medicamentos, enquanto o Psicólogo está voltado a trabalhar os aspectos emocionais do quadro.
Porém, as duas áreas estão interligadas e normalmente os profissionais trabalham juntos quando necessário.

5) Com que idade deve-se iniciar uma terapia?
Não existe uma idade certa. Se os pais ou a escola perceberem que a criança está com alguma dificuldade em seu desenvolvimento devem buscar um apoio psicológico.

6) Quais os sinais de que uma criança precisa fazer terapia?
Normalmente este chamado vem da escola ou dos próprios pais. Ao perceber que a criança não está feliz, apresenta alguma dificuldade em seu desenvolvimento ou em relacionar-se com as pessoas ou com o mundo, um psicólogo deve ser procurado.

7) O que é Ludoterapia?
A criança tem uma maneira muito especial de se expressar, e o faz através do brincar. Brincando ela expressa seus sentimentos e vivencia seus medos e angústias, assimilando o mundo que esta a sua volta.
A Ludoterapia tem como principal característica a profunda aceitação da criança, sejam quais forem os sentimentos e necessidades por ela apresentados no processo terapêutico. O terapeuta oferece um espaço seguro e acolhedor, para que ela desenvolva seu potencial intelectual, emocional e criativo, podendo elaborar seus medos e conflitos.

8) É caro fazer terapia?
O preço varia muito de profissonal para profissonal. A primeira entrevista é o momento de negociar o valor da consulta, e caso você não possa pagar aquele profissional, peça a ele uma indicação de um outro profissional que atenda por um valor mais baixo.
É importante lembrar que o valor cobrado não tem relação alguma com a qualidade do trabalho realizado.

9) Estou bem, mas quero fazer terapia. Existe alguma contra-indicação?
Não existe nenhuma contra indicação. Muitas pessoas fazem terapia porque gostam e desejam se conhecer melhor, e outras pessoas solucionam sua queixa inicial mas continuam no processo. O trabalho psicoterapêutico feito por um bom profissional não pode te prejudicar, somente ajudar.

10) Terapia é coisa para pessoas frágeis?
Não, muito pelo contrário. É preciso ter muita força e coragem para buscar ajuda e se dispor a lidar com acontecimentos difíceis da vida quando na verdade o desejo é esquecê-los. Converse com pessoas que fazem ou já fizeram terapia e verá que elas não tem nada de frágeis, ao contrário, são muito fortes.

11) Tenho 50 anos, e gostaria de começar uma terapia. Agora é muito tarde?
De jeito nenhum. As pessoas procuram psicoterapia em diferentes fases da vida, de acordo com a necessidade ou quando se sentem preparadas. Não existe idade certa para buscar um apoio psicológico, e em qualquer que seja a idade os resultados são so mesmos: auto-conhecimento, ampliação e resgate da qualidade de vida.

12) O psicoterapeuta irá me dar conselhos, dizer o que é certo ou errado?
Só quem pode dizer o que é certo ou errado para você é você mesmo. O terapeuta irá ajudá-lo a resgatar e construir valores para que você saiba distinguir o que é certo ou errado, bom ou ruim para a sua vida.

13) Fazer terapia significa que sou incapaz de resolver os meus próprios problemas?
É um grande equívoco pensar que fazendo terapia não é você quem vai resolver seus problemas. O psicoterapeuta irá ajudá-lo a refletir sobre eles, e assim você alcançará soluções mais criativas e eficazes para solucioná-los.

"Toda reforma interior e toda mudança para melhor dependem exclusivamente da aplicação de nossos esforços" (Kant)